As Ferramentas Pessoais que fazem de você um “ser” único

As Ferramentas Pessoais que fazem de você um “ser” único

AS FERRAMENTAS PESSOAIS QUE FAZEM DE VOCÊ UM SER ÚNICO – VOCÊ AS CONHECE?
– Carreira e Profissão – 

Artigo de Vania Faria Sutherberry

Hoje vou falar sobre competências, porém não as organizacionais, e sim sobre as competências pessoais. Aquelas que você recebeu no momento em que sua mãe lhe deu a luz e estão aí com você até hoje.

Os astrólogos dizem que o céu do momento do nascimento registrou que tipo de habilidades foram adquiridas por você. A origem de como você nasceu como você é, na verdade, é o que menos importa. O que é certo é que estas habilidades o fizeram um ser diferente, único, apropriado às experiências que precisará viver para evoluir enquanto ser humano e enquanto espírito.

Veja quanta coisa única você tem: os olhos, as digitais, a voz, as feições faciais, o código genético, o jeito de andar, o jeito de falar, o jeito de pensar, de se expressar, enfim, poderia escrever aqui duas páginas inteiras, com as coisas únicas que você possui, e que o fizeram único, exclusivo, diferente, especial…

Penso que assim como todas essas características diferentes, você também tem um conjunto de ferramentas comportamentais pessoais que fazem de você um talento inigualável, e que ao conhecê-las e aprender a utilizá-las positivamente, você naturalmente será visto como um talento para alguma coisa (ou algumas coisas).

E quantas pessoas passam a vida sem saber disto,  que existem ferramentas poderosas dentro delas, não conseguem perceber que essas características estão dentro de si,  e portanto, passam toda a vida tentando copiar os outros?

Não é pra copiar. Eu penso… É pra ser você mesmo! É pra liberar a autenticidade que existe em você. É pra usar isto para se realizar pessoalmente e também para ter seu papel e contribuição no mundo, fazendo aquilo que você sabe fazer naturalmente, sem esforço. E não precisou de professor. Talvez no máximo um facilitador, um terapeuta ou coach… para ajudá-lo a puxar esses dons que estão aí dentro de si.

O autoconhecimento é um processo que deve ser cultivado para que cada vez mais você acesse essa luz que está em você e a libere para uma vida de significado.

Como consultora de desenvolvimento humano atuando há anos na área, fico muito preocupada quando visito uma empresa que tem uma “cultura de pasteurização humana”. O que é isso? – Aquela empresa que quer que todos os seus colaboradores sejam iguais, nivelados em competências comportamentais, de liderança, além das técnicas exigidas para a função. E a autenticidade, onde fica neste cenário?

Os colaboradores de uma empresa devem ter valores alinhados com a organização. Disso sim sou muito a favor. Porém, devem manter a essência pessoal viva.

Bill George, escritor, consultor e professor da Harvard Business School, muito admirado mundo afora, fala muito disto em suas obras. Os maiores líderes de toda a história humana foram autênticos. Fizeram aquilo que sabiam intimamente que tinham que fazer. Conheciam sua luz interior e não a perdia de vista. Seguiam sua fonte interior, e quando davam passos falsos, provavelmente é porque naquele momento haviam perdido a conexão/elo com esta fonte. Mas conseguiam retornar o caminho todas as vezes que se reconectavam. Bem, mas vamos a parte mais impotante:

Como conhecer minhas ferramentas únicas? O que é mais importante neste processo?

1. Conhecer seus sentimentos. Quando estiver fazendo alguma atividade e se perceber muito feliz, empolgado e motivado para aquela ação, você tem aí uma dica preciosa.

2. Busque em sua lembrança coisas que você gostava muito de fazer na sua infância e que continua gostando, e que de alguma forma moldou esse jeito de fazer para os dias atuais, adaptando à sua realidade no trabalho, em sua casa, nas relações com os amigos e pessoas do seu convívio mais próximo.

Vou dar um exemplo: Quando eu era criança adorava brincar dentro de carros. Imaginava que estava viajando, indo a lugares diferentes, conhecendo coisas diferentes e pessoas diferentes. Me arrumava,  pegava uma bolsa grande da minha mãe, entrava no carro e imaginava que estava indo para uma viagem inesperada. Como isso se adaptou à minha vida hoje? Todos os domingos fico excitada ao pensar que na segunda-feira começa uma nova aventura, um novo aprendizado. Estou sempre indo e vindo das empresas clientes, cada dia uma experiência diferente, cada dia uma cultura diferente. O cliente chama, pego meu carro e vou correndo (nem tanto…) atendê-lo e vivenciar aquele novo projeto, aquela nova entrega, aquele novo aprendizado. Todo mundo que me conhece fala que tenho muita energia e empolgação para atender clientes, com agilidade e alta mobilidade. Estas são algumas de minhas ferramentas e que aprendi a usá-las produtivamente a favor do meu trabalho e de minha missão de vida.

3. Terapia, coaching, participação em workshops de autoconhecimento – tudo isso pode ser muito bom para ajudar no processo e ajudá-lo a encontrar mais rapidamente estas ferramentas. Abertura para o mergulho interior também é essencial. Já vi muita gente fazer anos de coaching ou de terapia e continuar perdido, ou tentando imitar os outros.

4. Prestar atenção aos elogios que recebe. Se você recebe muitos elogios por algo que faz ou que está desenvolvendo, é um excelente sinal. Isso mostra que ali tem algo que deve ser pesquisado e aprofundado no autoconhecimento. E se ao receber um elogio você tiver um impulso para dizer: – … mas foi tão fácil fazer! Não fiz esforço algum! – Bingo!!! Aí existe um talento, ou ferramenta de luz que é sua. Cultive essa auto-investigação, que, certamente você vai encontrar dezenas de coisas que faz e que o resultado é parecido com este que descrevi.

5. Medite – a meditação é uma técnica que ajuda a limpar a mente, tranquiliza-la e levar você de volta a conexão interior. Quanto mais praticar, mais encontrará respostas para o caminho do seu eu interior.

6. E não desista facilmente. Até o último dia de vida estaremos aprendendo. A aprendizagem contínua é um valor que deve ser cultivado por todos os seres humanos. Isso fará com que você adquira mais conhecimento sobre coisas exteriores e interiores. Manterá sua mente refrigerada, ativa, e certamente os insigths para conhecer suas próprias ferramentas serão mais frequentes.

Cultivando essas práticas e outras tantas que você pode descobrir e que certamente também levarão a resultados importantes, logo mais você passará de uma existência pasteurizada para uma existência de satisfação e significado.

Boa caminhada e conexão com sua própria luz!

Sobre Vania Faria SutherberryAutora do livro “Lentes Coloridas – uma nova visão sobre destino e missão” e co-autora do Livro “A World Book of Values”.  É sócia-fundadora da Evolução Humana Consultoria,  consultora em desenvolvimento humano e organizacional, com mais de 25 anos vivenciando  projetos nesta área. Possui larga experiência em projetos de Cultura Organizacional orientados para Valores, coaching de executivos e de carreira, focado em competências, missão (propósito), visão e valores pessoais. 

 
A Evolução Humana trabalha a favor da “Expansão da Consciência”.
Essa é nossa razão de existir!
 
 
Contatos:
Tel: +55 11 4551-3282
falecom@evolucaohumana.com.br Onde estamos:

São Paulo, SP – BrasilOnde atuamos:
Todo o território nacional, países de idiomas inglês e espanhol.

Sobre a Evolução Humana – Uma Consultoria em Desenvolvimento Humano e Organizacional – “Criatividade & Inovação” – marca registrada em nosso trabalho. Paixão por gente, foco do cliente, agilidade, qualidade, visão sistêmica são valores vividos e aplicados nos projetos de nossos clientes.

Oferecemos serviços em: cultura organizacional e transformação cultural por valores; gestão de mudanças – change management; desenvolvimento de liderança; coaching; avaliações de pessoas e/ou equipes – assessment; sistemas de pesquisas para DHO; inovação e sustentabilidade; educação coorporativa com mais de 100 temas, disponíveis nos formatos de treinamentos, workshops, oficinas de aprendizagem, palestras, in company, formação para trainees; e por meio de parcerias atuamos também nas áreas de remuneração e pesquisa salarial.

Levamos nossos serviços para todo o território nacional ou países de língua espanhola e inglesa. Somos uma equipe multidisciplinar, formada por mais de 30 profissionais entre consultores e equipes de desenvolvimento e produção.

Estamos prontos para lhes servir!

17 Comentários

  • Neusa Miguel Posted 4 de agosto de 2011 13:19

    Vania,
    Muito pertinentes suas colocações. Compartilho o fato da individualidade, algo repetidas vezes citado mas pouco praticado. Tão importante quanto descobrir é a aceitação. Acredito que muitas vezes não identificamos características por não aceitá-las como favoráveis ao nosso desempenho diário. Parabéns pelo artigo e obrigada por dividí-lo conosco. Abs Neusa

    • Vânia Faria Posted 4 de agosto de 2011 22:05

      Neusa, que bom que gostou deste artigo. Continue conosco, um beijo, Vânia Faria

  • Jone Tung Posted 4 de agosto de 2011 22:10

    Parabéns Vania, um artigo excelente e muito bom para a vida pessoal também. Um colaborador feliz ultrapassa com facilidade as expectativas da empresa e sempre vai buscar por melhores resultados para ambos.
    Infelizmente na maioria das empresas no Brasil, ainda esbarram nos velhos conceitos de resultados e imposição do terror. Sabemos que neste modelo o comprometimento (vestir a camiseta da empresa) ficam alterados.

  • Maria Alexandre Posted 4 de agosto de 2011 22:11

    Vânia, obrigada por esse material riquíssimo, ajudou-me muito!

  • Selomar Breda Posted 5 de agosto de 2011 11:16

    Muito Bom! aprender a ouvir na essência não é nada fácil, uma ferramenta boa é: Respiração. Respirar enchendo o diafragma em 4s segurar 2s e soltar em 4s…….respire elimine todo o julgamento da sua mente e ouça com o coração. Talvezzzzz, talvez tudo começará a fazer sentido para você…
    Um grande abraço a todos.

  • Lorenzo Busato Posted 5 de agosto de 2011 11:17

    Valiosíssimas dicas, o autoconhecimento é o pontapé inicial.
    Sempre pergunto em minhas palestras: “Qual é o seu ponto forte?” menos de 10% sabem.
    Parabéns pelo artigo.
    Abraços,

  • Devair Foroni Posted 5 de agosto de 2011 12:12

    Parabéns Vania. Esse material é muito rico e importante para o processo de crescimento e desenvolvimento das pessoas nas empresas e na vida pessoal.

  • Daniella Gandra Posted 7 de agosto de 2011 11:31

    Muito bacana! Sempre um ótimo conteúdo! Parabéns! Compartilhei.

  • Maria Carmo Posted 7 de agosto de 2011 11:32

    Muito bom! Vou recomendar a minha rede de relacionamento

  • Ronan Posted 11 de agosto de 2011 11:18

    Parabéns, muito bom, motivador, espiritualista, e de abordagem extremamente prática.

    Que Deus permita-lhe continuar sempre inspirada assim!!

  • Antonio Amato Posted 12 de agosto de 2011 10:50

    Interessantes e pertinentes colocações, infelizmente a maior parte dos dirigentes de empresas não têm conhecimento disto. Todos estão mais preocupados com a própria carreira que com o sucesso da empresa como um todo. Com raras exceções, a pessoa que tem esta sensibilidade muitas vezes é vista como um concorrente perigoso..
    Que bom seria se vivessemos num mundo inocente e puro! Acredito que tudo seria muito diferente! O que nos acalenta é ver que algumas empresas estão percebendo isto e fazendo as individualidades prevalecerem e dando valor a elas!
    Abraço,

    • Vânia Faria Posted 12 de agosto de 2011 12:02

      Olá Antônio, obrigada por seu comentário. Como você mesmo disse, algumas empresas já estão percebendo a importância de olhar para a individualidade e talentos humanos, o que nos faz acreditar que vale a pena continuar esta conscientização – tanto no campo individual, quanto coletivo. Abraços, Vânia Faria

  • Vivian Gubert Crepaldi Posted 16 de agosto de 2011 10:23

    Bom dia Vania,

    Penso que, como somos pessoas preocupadas e interessadas em “Pessoas”, temos sim a missão de propagar e influênciar a ampliação da consciência de todos que conosco convivem. Se pudermos plantar a semente da importância do autoconhecimento, teremos seres humanos mais integrais, buscando a complitude em todas as áreas de sua vida.
    Talentos inatos existem sim, basta que tenhamos a coragem de mergulhar em nossa essência e assim deixaremos naturalmente estes aflorem e nos façarem mais felizes!
    Boa sorte em nossa jornada!
    Abraços,
    Vivian

  • Marcus Ellend Posted 5 de novembro de 2011 17:17

    Muito boa, essa listinha para determinar nossos talentos. Já comecei a fazer a minha lição…

  • Guilherme Machado Severo Posted 1 de maio de 2012 18:53

    Boa tarde Vânia
    Não tenho palavras para traduzir teus artigos e a forma como aborda os assuntos com tanta propriedade.Enriquecedores e interessantes com certeza.
    Parabéns!

    • Vânia Faria Posted 1 de maio de 2012 21:24

      Obrigada Guilherme, é bom saber que as pessoas estão gostando. Me estimula a continuar escrevendo. Abraços,

  • Trackback: O que realmente é fundamental para sua vida hoje? DE VOLTA PRA CASA! « Blog da Evolução Humana

Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *