Uma metodologia para ajudar o processo de tomada de decisão

– Uma metodologia para ajudar o processo de tomada de decisão –

“Nada é mais difícil, portanto mais precioso, do que ser capaz de tomar decisões.”
Napoleão Bonaparte

A tomada de decisão é um processo inerente à gestão do negócio fazendo parte de forma intrínseca do processo de administração de uma empresa. Em um dia executivos e empresários tomam várias decisões que influenciam de forma decisiva os seus negócios e apesar de terem consciência da importância destas decisões, muitas vezes são tomadas sem a devida atenção e concentração que este processo requer.

Como seria se as decisões a serem tomadas no dia-a-dia fossem amparadas por uma metodologia? Quais seriam os benefícios?

Este artigo propõe uma metodologia para apoiar as tomadas de decisões dos empresários e executivos e permitir a possibilidade de melhores resultados e impactos positivos.

Metodologia Eisenhower

Dwight Eisenhower foi presidente dos Estados Unidos entre 1953 e 1961 e comandante das Forças Aliadas durante a Segunda Guerra Mundial. Foi um dos pioneiros em entender que a guerra consistia muito mais em uma logística bem elaborada e organizada do que em soldados capazes e armas modernas. Pragmático, transferiu sua experiência militar na gestão organizacional.

A metodologia consiste na classificação das decisões em quadrantes conforme a figura que segue:

Aplicando a metodologia Eisenhower no seu dia-a-dia

O gráfico é interpretado da seguinte forma. A linha horizontal relata a probabilidade da realização do evento após a tomada de decisão. Na linha vertical é avaliado o impacto desta decisão nos negócios.

A partir desta matriz criam-se 4 quadrantes que contribuem para o empresário e executivo tomarem a melhor decisão. Vejamos quais são estas orientações:

Prioridade 1 – Impacto elevado e alta probabilidade

Em função da importância desta decisão ela precisará ser tomada com o máximo de reflexão e atenção, pois os resultados terão alta probabilidade de acontecer e terão impacto significativo nos negócios. Exemplo: decisões estratégicas como compras de maquinários, abertura de novas filiais e expansão dos negócios.

Prioridade 2 – Impacto elevado e probabilidade reduzida

Neste caso a decisão deve ser tomada com uma atenção inferior ao do quadrante 1, pois apesar do impacto desta decisão ser alto, os resultados relativamente previsíveis. Exemplo: normalmente alocamos neste quadrante decisões tomadas com relação aos processos e desempenho na empresa. O líder deve-se ocupar neste quadrante com a possibilidade de melhoria da gestão destes processos e ações de melhoria de capacitação profissional da sua equipe.

Prioridade 3 – Impacto reduzido e alta probabilidade

Este é a típica decisão que deverá ser delegada, pois o impacto é baixo para os negócios e com certeza tomará tempo desnecessário do líder. Exemplo: ações táticas do dia-a-dia relativas a decisões comerciais, operacionais, financeiras e administrativas que já estão previstas como negociações, pagamentos e operação do negócio.

Prioridade 4 – Impacto reduzido e baixa probabilidade

São aquelas decisões que o líder não deve se envolver mesmo, pois os resultados e impactos são muito baixos. Segundo Eisenhower a alternativa é simplesmente negligenciar qualquer atenção ou esforço com esta ação. Exemplo: uma situação corriqueira é a preocupação dos líderes com relação a processos desnecessários como a famosa e excessiva atenção com o “custo dos copinhos de café” ou “checando relatórios de despesas”. Quando o executivo se presta a tais atividades deve rever conceitos de confiança e credibilidade dos seus processos e da sua equipe.

Que tal começar a exercitar suas tomadas de decisões com a segurança do Método Eisenhower?

Artigo escrito por Nilson Rédis Caldeira – Consultor parceiro da Evolução Humana Consultoria, coach, palestrante e professor na área de desenvolvimento humano e organizacional. Aborda os temas coaching, eneagrama, análise transacional e neurolinguística e suas aplicações na psicoterapia, desenvolvimento de pessoas e vendas. Executivo com mais de 25 anos de experiência nas áreas de Planejamento Estratégico, Comercial, Marketing e Treinamento tendo desenvolvido carreira em empresas locais e multinacionais.


Evolução Humana trabalha a favor da “Expansão da Consciência”.
Essa é nossa razão de existir!

Mais informações: https://www.evolucaohumana.com.br

QUEM SOMOS: “A Evolução Humana é uma Consultoria em Desenvolvimento Humano e Organizacional com atuação em praticamente todos os serviços relacionados à DHO. “Criatividade e Inovação” é marca registrada do nosso trabalho. Paixão por gente, foco do cliente, agilidade, qualidade, visão sistêmica são valores vividos e aplicados nos projetos de nossos clientes. Em Educação Corporativa oferecemos: mais de 100 temas, disponíveis nos formatos de Treinamentos, Cursos, Workshops, Oficinas de Aprendizagem e Palestras, in company. Atuamos também nas áreas de: cultura organizacional e transformação cultural por valoresacademia de lideranças; coaching; inovação e sustentabilidade; seleção e formação de estagiários e trainees; processos de desenvolvimento organizacional; remuneração e campanhas de endomarketing para projetos de Cultura Organizacional. Levamos nossos serviços para todo o território nacional e já estamos atuando também fora do Brasil (Argentina, Espanha, Marrocos, México, EUA). Somos uma equipe multidisciplinar, formada por mais de 45 consultores de nível sênior. Estamos prontos para lhes servir! 
Peça-nos o nosso portfólio completo de serviços e de clientes através de nosso e-mail:  falecom@evolucaohumana.com.br

Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *