Resultados Pesquisa – Repercussões da Covid-19 no Meio Corporativo

Resultados Pesquisa – Repercussões da Covid-19 no Meio Corporativo

A Pesquisa

Estudo realizado pela ISK Consultoria Organizacional, empresa parceira da Evolução Humana Consultoria, no período de 27/05 a 12/06/20, junto a 66 empresas, sobre as repercussões da pandemia Covid-19 nos negócios e no dia a dia dos profissionais, sentimentos e expectativas do RH nesse período, visando contribuir para o aprendizado e para tomada de decisões.

Ação tomada pelo executivo principal

  • 73% – Buscaram o equilíbrio entre o atendimento dos protocolos científicos e a manutenção das atividades e dos negócios.
  • 27% – Buscaram o atendimento aos protocolos recomendados pela OMS / Ministério da Saúde.

Rotina de trabalho no momento

  • 82% – Home office para parte da equipe
  • 33% – Home office para toda a equipe
  • 33% – Suspensão temporária do contrato de trabalho
  • 24% – Equipe trabalhando presencialmente
  • 24% – Férias antecipadas
  • 15% – Redução de jornada e de salário
  • 3% – Afastamento de colaboradores em grupos de risco

Implantação do home office após isolamento social

  • 70% sim
  • 30% não

Corte no orçamento de gestão de pessoas pra 2020

  • 58% sim
  • 42% não

Ações de apoio emocional e/ou financeiro aos colaboradores

  • Conversas semanais sobre a situação atual da empresa e futuros planos, importância da prevenção e cuidados no trabalho em home office.
  • Home office ou liberação do trabalho para os colaboradores acima de 60 anos, gestantes ou em casos de familiares com doenças pré-existentes.
  • Distribuição de álcool em gel e máscaras a todos os colaboradores.
  • Disponibilização de programa de assistência para apoio financeiro, jurídico e psicológico aos colaboradores e familiares.
  • Divulgação de canais gratuitos para suporte emocional.

Ações de apoio emocional e/ou financeiro aos colaboradores

  • Organização de comissão da Covid-19, para orientar e apoiar os colaboradores.
  • Promoção de ações de bem estar e disponibilização de APPs de atividades físicas.
  • Promoção de webinar sobre saúde emocional e palestras sobre educação financeira.
  • Manutenção dos benefícios para os colaboradores em home office e concessão de ajuda de custo para aqueles com contrato suspenso.

Doações realizadas pela empresa

  • 36% de empresas realizaram doações
  • 64% de empresa não realizaram doações
  • Dentre as doações:
    • Álcool em gel, máscaras e itens de higiene pessoal aos colaboradores, familiares e instituições.
    • Óculos de segurança e máscaras faciais para a área médica de alguns hospitais do Brasil e máscara de proteção para clientes.
    • Produtos fabricados pela empresa (sabão em pó e álcool em gel) para instituições da cidade.
    • Cesta básica para pessoas carentes de comunidades.

Ações para retomada das atividades

  • 91% – Orientação aos colaboradores sobre os sintomas da Covid-19, uso permanente de máscaras, etiquetas de higiene e protocolos de limpeza.
  • 88% – Disponibilização de dispensador de álcool em gel.
  • 82% – Protocolos de limpeza e desinfecção.
  • 79% – Priorização de reuniões por teleconferência.
  • 76% – Acompanhamento, em conjunto com os gestores das áreas, do estado de saúde dos colaboradores das equipes.
  • 64% – Protocolo a ser seguido nos casos de sintomas ou teste positivo para Covid-19.
  • 58% – Comunicação em pontos estratégicos no ambiente de trabalho.

Ações para retomada das atividades

  • 55% – Alternância de dias de comparecimento das equipes ao ambiente de trabalho.
  • 45% – Manutenção de ambientes ventilados.
  • 42% – Revisão e modificação de layouts para atendimento às necessidades de distanciamento social.
  • 36% – Redução das jornadas de trabalhos nos primeiros meses.
  • 33% – Protocolo de entrada no ambiente de trabalho com aferição de temperatura, rápida entrevista para identificação de sintomas da Covid-19, orientação sobre uso e descarte seguro de máscaras e distanciamento social.

Ações para retomada das atividades

  • 27% – Aumento da frequência de limpeza de ar condicionado.
  • 3% – Sanitização do pátio externo e dos veículos que entram na empresa.

Conclusões

  • Observamos a preocupação dos executivos em buscar o equilíbrio entre o atendimento dos protocolos científicos e a manutenção das atividades e dos negócios.
  • A maioria das empresas está utilizando o modelo de home office para parte da equipe (82%) e pretendem manter após o período de isolamento.
  • As empresas buscaram equilibrar a queda no volume de negócios com a suspensão temporária dos contratos de trabalho, antecipação de férias, redução de jornada e de salário, e também preveniram-se contra maiores impactos com o afastamento dos colaboradores pertencentes a grupos de risco.
  • 36% das empresas mantiveram e 42% pouco reduziram o quadro de colaboradores; 48% sofreram pouca redução nos negócios.
  • A pandemia impactou, ainda, o orçamento de gestão de pessoas para 58% das empresas, colocando em stand by várias das ações previstas para o ano.
  • A maior parte das empresas intensificou a comunicação com seus colaboradores, distribuiu álcool em gel e máscaras, manteve os benefícios no home office e disponibilizou assistência financeira, jurídica e psicológica aos colaboradores e familiares.
  • 36% das empresas realizaram ações sociais, através de doação de álcool em gel, máscaras, itens de higiene pessoal aos colaboradores, familiares, instituições e profissionais da área médica. Além de cestas básicas para pessoas carentes de comunidades.
  • Orientação, acompanhamento e intensificação da comunicação junto aos colaboradores e elaboração de protocolos estão no planejamento das empresas para a retomada das atividades.

Nossos agradecimentos à equipe diretiva da ISK, por compartilhar conosco (Evolução Humana Consultoria) os resultados de importante pesquisa e por permitir que compartilhemos também com nossos clientes e leitores do BLOG.

Responsável técnica pela realização da Pesquisa:

Kátia Moreno - Evolução Humana Consultoria

Kátia Moreno – Consultora Parceira da Evolução Humana e Diretora da ISK Consultoria Organizacional. É  especialista em projetos de gestão organizacional.  Acumulou vasta experiência na implantação de estruturas organizacionais, cargos e salários, remuneração variável, pesquisas de remuneração, melhores práticas de gestão, mapeamento e redesenho de processos, coaching de executivos, assessment e plano de sucessão. Professora de cursos de MBA com foco em Gestão de Pessoas.

Para mais informações sobre realização desta pesquisa:

 

1 Comentário

  • maria lucia Posted 28 de julho de 2020 10:41

    Excelente. A pesquisa confirma o que temos percebido de ações no âmbito das empresas.

Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *